terça-feira, 4 de agosto de 2009

Na Aldeia-Lar

São os habitantes mais recentes da Aldeia fazendo parte de uma ‘família’ que aqui mora há cerca de um ano.
Os pequenotes são mansos e deixam-se acariciar no focinho, imagine-se!
Têm o corpo coberto de espinhos, acastanhados e com bandas escuras nas extremidades. A cauda muito pequena, as orelhas igualmente pequenas com a cabeça bem destacada do corpo.
Em plena luz do dia movem-se ligeiros e atarefados de um lado para o outro, em áreas verdes, não se preocupando ‘connosco’.

A colónia de espécies na Aldeia está assim cada vez mais completa:
Já tinhamos rolas, melros e coelhos...


Victor N e Vicktor R

2 comentários:

  1. deixei de os ver há já un s dias.

    ResponderEliminar
  2. ..att que há mais espécies raras...

    ResponderEliminar