segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Conversas na Aldeia

No passado dia 19, teve lugar mais uma "Conversa na Aldeia" subordinada ao tema "Direito da Guerra". O Conferencista convidado foi o Comandante Neves Correia, oficial da Marinha Portuguesa .

Licenciado em Ciências Militares Navais pela Escola Naval, que concluiu em 1990, e em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, que fez mais tarde, abordou diversos aspectos do contexto nacional e internacional relacionados com os "Conflitos Armados" levando-nos numa viagem pelos conceitos e subtilezas jurídicas dos mesmos. Numa referência constante entre os acontecimentos que ocorrem nos teatros operacionais que são retratados nos media, fez reflexões relativas a situações que poderão ocorrer no nosso quotidiano como são exemplo a "legítima defesa" e o "direito de propriedade". Finalizou a conversa referindo alguns tópicos sobre as questões nacionais relativas a zonas marítimas e extensão da plataforma continental.

sábado, 13 de outubro de 2012

Máscaras e expressões

Máscaras e Expressões, exposição de Conceição Freitas está desde hoje na 'nossa galeria'. Na inauguração estiveram presentes muitos 'aldeões' e amigos da artista convidada.
Visita obrigatória nospróximos quinze dias.

Máscaras

“Por detrás de cada máscara escondem-se, ocultam-se e transmutam-se rostos que nos perturbam ou provocam ansiedade e desejos. A máscara, num palpável de carne e osso atrai ou afasta o outro que a encara. (…) Recriada num possível imaginário saído de uma qualquer matéria, permite alcançar um entendimento da procura de quem a acasala numa visão/memória.”

Expressões
“Interpretar um rosto, descodificar o mais profundo do cérebro, fruto proibido na cabeça do humano, é querer (re) inventar o que nos falta descobrir naquele que observamos.(…)

Por dentro, no oco da cabeça, apresenta-se quiçá uma vontade de ser entendida, expressa nas cores e nas formas das expressões que enfrentam quem as observa”



ARTE PÚBLICA XXL

“Democrática por excelência, a arte pública povoa jardins, praças e ruas do nosso País e do Mundo. De pequeno porte ou grande dimensão, em forma de busto, estátua ou escultura, em bronze, ferro, pedra ou plástico, com verdura, música, luz ou água por perto, está bem mais presente na nossa vida do que imaginamos – até porque, apesar de muitas vezes passarmos perto dela, raramente a vemos com olhos de ver.
Joaquim Saial, de há muito estuda esta temática e já a leccionou na Universidade Católica Portuguesa (onde criou a cadeira de Arte Pública no Século XX no Mestrado em Arte Contemporânea) e na Universidade do Minho, para além de a ter tornado sujeito de diversas palestras e escrito sobre a mesma em livros, jornais e revistas. “
Ontem à noite em mais uma ‘Conversa na Aldeia’, Joaquim Saial fez uma primeira palestra sobre 12 monumentos públicos portugueses de grande dimensão, que muitas vezes nos passam despercebidos e cuja história-pormenor mais desconhecida é ainda do comum dos portugueses.
Foi uma visita plena de curiosidades, detalhes, saberes que muito agradou aos  presentes em grande número.
A viagem 'guiada' que se iniciou na Avenida da Liberdade -Monumento aos mortos da 1ª GM -  terminou ao fim de hora e meia visitando 'alguma arte pública' mais recente algures na Margem Sul.
A esta primeira 'conversa' se seguirá outra agendada para Março2013.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Máscaras e Expressões


Vai estar patente na ‘nossa galeria’ do edifício sede, a partir de amanhã e durante duas semanas, uma mostra de escultura de Conceição Freitas. A abertura oficial da exposição ocorre, pelas 17:30h.

Conceição Freitas nasceu em Lisboa e atualmente vive e trabalha no concelho de Almada. Licenciada pela ESBAL em Artes Plásticas, posteriormente, frequentou cursos de formação em Joalharia. Desde 1989 que participou em inúmeras exposições colectivas e fez várias exposições individuais.
Máscaras e Expressões serão tema para mais uma exposição a não perder.