sábado, 24 de dezembro de 2011

NATAL 2011

A todos os 'vizinhos e moradores', passantes e visitantes deste espaço virtual e também muito real, os nossos desejos de Boas Festas.


(presépio da Aldeia)

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Jantar cooperativo - 2ª série

Reino:Animalia
Filo:Chordata
Classe:Actinopterygii
Ordem:Gadiformes
Família:Gadidae
Género:Gadus........eis o pretexto para mais um jantar cooperativo em que se fez jus às mil e uma maneiras de cozinhar e degustar o Fiel Amigo, vulgo bacalhau.
Ficam as 'pictures': tudo o que restou dum lauto jantar que juntou mais uma vez algumas dezenas de 'aldeões'.



quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

terça-feira, 22 de novembro de 2011

sábado, 19 de novembro de 2011

Aves do Sapal de Corroios

O autor e investigador Manuel Lima esteve entre nós para a apresentação da 'sua nova descoberta': noventa e quatro aves que 'vivem' no habitat natural do sapal de Corroios. Das zonas ribeirinhas do estuário do Tejo este é o terceiro refúgio mais importante (algumas vivem em permanência outras vão e voltam...).
Um serão de múltipla informação que M.Lima mais uma vez nos trouxe.


quarta-feira, 16 de novembro de 2011

O S.Martinho e o porquinho.

O nosso S.Martinho não foi a onze foi a doze. Fomos à adega do Lopes Pires buscar o vinho, preparámos os outros 'acompanhamentos ... e lançámos mãos ao 'porquinho'. Uma pequena-grande maravilha desde as entradas à 'saída'.
O ritual manteve-se e as castanhas assadas à transmontana culminaram mais um evento aldeão.



sábado, 22 de outubro de 2011

Foi-se o longo Verão...

Veio a chuva e o vento, foi-se o longo Verão...
Acendem-se as luzes para usufruir da beleza nocturna que envolve o nosso 'Colectivo'.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Ontem

Após algum compasso de espera, pois o futebol-espectáculo assim o sugeriu, Francisco Palma transmitiu-nos ao longo de mais de uma hora um conjunto sólido de informação,permitindo-nos realizar uma reflexão crítica sobre o modernismo e os seus equívocos, aliando os conhecimentos teóricos com a capacidade de um olhar analítico e de investigação às diferentes práticas artísticas/conceitos de arte da arte contemporânea.
O excelente 'slide-show'trouxe-nos do secXVI ao XXI, originando então um interessante 'coloquiar' sobre temas tão actuais e pertinentes.
Na modernidade, o artista exprime a originalidade da vida da sua época frequentando “as margens da sociedade e falando da vida de todos os dias”.


quinta-feira, 22 de setembro de 2011

A Modernidade e as identificações da arte - Amanhã

É já amanhã promovida pela Junta de Freguesia da Sobreda. Um bom momento para 'una nova perspectiva ' de ver a arte.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Verão na Aldeia

Aqui neste 'espaço' assinalaremos no próximo Domingo 25 a 'nossa época balnear'com a Festa da Natação

quarta-feira, 13 de julho de 2011

a Aldeia foi à FESTA

Depois do habitual repasto no 'Perninha' - uma tentação a que não resistimos - pudemos finalmente viver a Festa em todos os seus pormenores:os tabuleiros, as 'manisfestações populares', concertos, as ruas da parte antiga da cidade...'enfeitadas' e iluminadas.
Noite dentro, bem saciados e satisfeitos regressámos à 'aldeia'quando o relógio já marcava as duas da madrugada.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

a Aldeia vai à FESTA

É já amanhã, sábado, que a Aldeia vai a Festa a Tomar.
50 lugares reservados na FESTA é um excelente indicador.

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Obras na Aldeia...

Há sempre pequenas intervenções a fazer na 'Aldeia' que por serem pequenas não são visiveis; estas abaixo são particularmente necessárias embora também possam passar despercebidas a alguns 'aldeões'.
Uma intervenção na entrada principal do edifício sede com repavimentação; também esperada há muito, a instalação de um 'candeeiro'no topo da Rua, frente ao edifício sede. Poucos dias e tudo vai estar diferente.


sexta-feira, 24 de junho de 2011

Pic Nic

Há pic nics e PIC NICS: este teve uma fórmula original e muito simples para todos, menos 4/5; combina-se o 'evento, a hora, o local - que deve ser do melhor!- e a 'aldeia' vai aparecendo, isto é chegando. Tudo já lá está pronto ou em vias disso: da melancia cortada e bem exposta ao sol -prá arrefecer!- às sardinhas e febras, das saladas aos doces e outros complementos...do evento. É só manjar.Depois de 'uma passeata' pelos arredores dez minutos bastaram para desactivar a logística, que sendo 'completa', estava exemplarmente organizada. Fórmula a repetir.

domingo, 1 de maio de 2011

8º Jantar cooperativo -

A aldeia continua a honrar 'as suas tradições', os seus valores e também o seu programa de actividades...culturais e gastronómicas.
Foi mais um jantar 'obra' das famílias Campos e Gomes.
O espelho de frutas abaixo 'reflecte' bem o delicioso menu servido na última noite de Abril, dia 30. Foi um ciclo gastronómico que se cumpriu, outro se abrirá...

sábado, 30 de abril de 2011

Conversas na Aldeia

Mais um aconversa na aldeia, mais um serão que fica na memória.
Falou de Abril o Almirante Martins Guerreiro,cantou Abril Francisco Naia e José Carita.Foi ontem à noite na Aldeia.
Há seres que nos transcendem. Seres imensos, «maiores que o pensamento» maiores que o seu tempo. Seres generosos que abraçam ideais e por eles lutam. Seres solidários que lançam e criam pontes e diálogos: o diálogo foi excelente. Seres lutadores que deixam rasto e sementeira por onde passam. Que honram o passdo e desconhecem a deslealdade. Que honram os Amigos e a Amizade. Que ficam para sempre; O «capitão de Abril» Martins Guerreiro é um desses homens .

quarta-feira, 27 de abril de 2011

sábado, 2 de abril de 2011

Caminhada em S.Quintino

O convite do consócio Lopes Pires teve resposta:AQUI e mais abaixo, se recordam alguns dos 'momentos' da excelente caminhada em S.Quintino, perto da bela vila saloia de Sobral M.Agraço. Alguns aldeões responderam à chamada e puderam apreciar uma paisagem variada e deslumbrante, um percurso exigente e bem palmeado, e ainda um 'lauto' almoço' servido ao ar livre que ficam para memória futura.

domingo, 27 de março de 2011

Fósseis e Geistória da região de Almada – Lisboa - com o Prof Manuel Lima.

Viajar até à Época Miocénica,- entre os 5,3 e os 23 milhões de anos atrás-, foi o desafio lançado aos seus cooperantes e amigos pela Aldeia Lar em mais uma das já celebrizadas “Conversas na Aldeia”.
Os presentes que corresponderam ao desafio não só viajaram por tempos miocénicos como o fizeram em territórios de excepção da região de Lisboa e Sul do Tejo – Arriba Fóssil da Caparica a que os mais antigos chamavam “rocha” e em documentação coeva designam por “medões” ou “barreira”, e pelos afloramentos miocénicos do Lumiar e de Chelas, nos arrabaldes da capital.
A viagem pelas marcas do tempo, dos avanços e recuos do oceano Atlântico, de grande amplitude encontram-se referenciados seis, pelos fósseis que desde sempre encantaram o ser humano, foi magistralmente conduzida pelo investigador e orador convidado professor Manuel Lima.
Entre muitas outras curiosidades, se se interrogassem como tão importantes massas de areias se acumularam do topo das falésias de Costa da Caparica, ficariam a saber que em tempos remotos, milhões de anos atrás, o que hoje conhecemos como Arriba Fóssil teria sido um plano inclinado por onde os ventos dominantes fizeram deslizar as tais quantidades imensas de areia.
E qual foi o efeito do terramoto de 1755 e a aguagem que a ele se seguiu sobre a orla marítima do Grande Areal da Costa do Pescado? A resposta foi dada a todos os que participaram nesta sessão das “Conversas na Aldeia”.(V.R.)

terça-feira, 22 de março de 2011

A D.Fernando II e Glória - Uma visita

Com a participação de alguns sócios realizou-se em 19 de Março p.p. uma visita à Fragata "D. Fernando II e Glória", em Cacilhas. Este testemunho da brilhante história marítima portuguesa foi a última fragata exclusivamente à vela da Marinha Portuguesa; foi construída em Damão,Índia Portuguesa e lançada à água 1843, tendo navegado, nos 33 anos subsequentes em que fez a ligação Portugal-Índia, mais de 100 000 milhas náuticas. Em 1889 a "D. Fernando" sofreu alterações para servir como Escola de Artilharia Naval tendo em 1945 sido adaptada para recolher rapazes de fracos recursos económicos que ali recebiam instrução escolar e treino de marinharia. A fragata, após um violento incêndio ocorrido em 1963, foi restaurada com grande fidelidade a partir de 1992 sendo actualmente um navio museu. Informação complementar sobre o navio pode ser encontrada AQUI
(J.C.)


terça-feira, 1 de março de 2011

7º Jantar cooperativo

A ementa aí está para poder ser 'recordada' pelos aldeões presentes e fazer salivar os ausentes: com uma entrada 'à Bairrada' com espumante tinto, tinha de ser, e após 'visita' à magnífica exposição/colecção apresentada pelos anfitriã Edite, o serão gastronómico só terminou quando a noite já ia alta e a lua bem cheia iluminava o nosso regresso a casa. Mais uma noite de paladares e sabores originais a que se junta sempre uma grande dose de alegria e espírito cooperativo.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

NOS 25 ANOS da ALDEIA

...Dos 25 anos da aldeia fica a memória indelével desta excelente exposição da 'aldeã' Ivone, onde os mais belos pormenores do nosso querer colectivo estão um primor. A não perder na 'nossa galeria'.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

25 ANOS - Um projecto colectivo

A comemoração dos 25 anos da Aldeia, sábado passado, fica como marco de referência no já longo percurso feito por todos: a edição de um livro que imortaliza os 25 anos de um projecto colectivo que a todos enche de orgulho; foi um momento ímpar, inesquecível.
Depois de inaugurada uma exposição fotográfica da aldeã Ivone, também ela autora de belíssimas fotografias do livro, a sessão ‘oficial da apresentação’ fica documentada nos ‘takes’ abaixo. Todos ficaram maravilhados com o que puderam ver e levar consigo.
Sendo como é um conjunto de perspectivas individuais tornadas colectivas, e coligindo um sem número de documentos que fazem a história da Aldeia, a obra , trabalhada graficamente por Rui Barbosa - também ele com raízes na Aldeia- será sempre um excelente cartão de visita dos aldeões.
Os ‘parabéns ‘ culminaram cerca da meia-noite um momento mais a juntar ao ‘cronograma’ existente.


sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Nos 25anos da Aldeia


É já amanhã que a Aldeia celebra o seu 25º aniversário.
Nos 25 anos de um percurso colectivo que transformou sonho em realidade e prossegue, congregando forças e vontades, a Aldeia publica a 'sua' história em livro, trabalho fantástico fruto de sinergias exemplarmente conjugadas.
A sessão terá início às 21.30h e será mais um marco indelével na já longa história da nossa comunidade

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Janeiras na Aldeia

A tradição ainda é o que era cá na Aldeia: os janeireiros sairam à rua, e cantaram porta a porta de todos os moradores; seguiu-se o habitual convívio partilhado por algumas dezenas de aldeãos com 'tudo' o que foi ofertado. A animação prolongou-se noite dentro.