terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Música Tradicional Portuguesa, na Aldeia

11 de Dezembro. Na noite fria do Inverno anunciado, três dezenas de aldeãos “amantes” da música tradicional portuguesa reuniram à volta da “lareira” para uma lição singular, animada por um maiores conhecedores desta realidade musical no nosso país. E lá fomos, pela noite fora, redescobrindo verdadeiras “pepitas” musicais, apreendendo a diversidade e a riqueza das nossas raízes regionais, revisitando memórias e identidades que fazem parte da nossa genética musical, mas que tão pouca atenção têm merecido dos poderes instituídos, das instituições educativas e da comunicação social. Vítor Reino, o animador convidado para esta segunda sessão das Conversas na Aldeia, foi revelando pequenos excertos musicais, desafiando os nossos sentidos e conduzindo-nos com arte e sabedoria a uma viagem emocionante ao interior de nós próprios, mergulhando na cultura diversa, inscrita na alma do povo que somos. Emocionámo-nos, vivenciámos saberes e inquietações, entoámos colectivamente algumas músicas populares mais conhecidas no nosso cancioneiro e encontrámos um novo jeito de fazer cultura em partilha e cooperação, reinventando a tradição de raízes rurais, em vizinhança, na aldeia dos afectos em meio urbano. Tal como na tradição popular portuguesa o convívio e a festa terminaram à volta da mesa em amena cavaqueira. Um serão que valeu a pena e que guardaremos na nossa efémera eternidade. Obrigado Vítor e Rita por este momento mágico. Entretanto as Janeiras estão a bater(nos) às nossas portas. (JSarmento)

2 comentários:

  1. Uma enriquecedora noite onde o saber foi partilhado de uma forma, eu diria... musical.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Gostaria de saber se o grupo Maio Moço ainda existe ou se já foi dissolvido.
    O site deles desapareceu. Sou um grande admirador deste grupo, com muitos conceros assistidos.
    O meo obrigado por qualquer informação

    ResponderEliminar